Nos últimos dias, um assunto é unanimidade em todos os noticiários e rodas de conversa: a covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus e que causa infecções respiratórias, febre e cansaço. A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou pandemia global devido a rápida expansão da enfermidade e a facilidade de contágio. Além de cuidados de higiene necessários para a prevenção, algumas pessoas já estão evitando sair de casa o máximo possível: aulas foram suspensas e os escritórios substituídos pelo home office. Em tempos de grande preocupação e contingência, o varejo sofre. Buscando minimizar os danos econômicos dessa crise provocada pelo coronavírus, listamos algumas dicas para que você aprenda a fazer vendas remotas e preste assistência aos seus clientes mesmo que ele não vá a sua loja.

Venda pelo Instagram!

Como fazer vendas remotas e prestar assistência aos seus clientesFoi-se o tempo em que o feed era composto apenas por registros pessoais. Com mais de um bilhão de usuários ativos por mês, a rede social se tornou uma grande aliada dos lojistas no atendimento ao cliente e criação de conteúdo dinâmico das lojas. Com a possibilidade de inclusive colocar produtos no Instagram Shopping, a relação empresa e público nunca esteve tão acessível. Capriche na produção e desperte o interesse através de imagens bem produzidas. Não precisa ser nenhum profissional! Apenas lembre-se que a grande estrela do seu perfil comercial deve ser seus produtos. Quer mais dicas de como vender muito pelo Instagram? A gente fez um guia completo aqui!

 

Use o Facebook a seu favor!

Como fazer vendas remotas e prestar assistência aos seus clientesSe sua loja ainda não está no Facebook, é hora de começar! Assim como no Instagram, não existe milagre sem um bom conteúdo. Poste fotos, vídeos, interaja com o seu público e mostre seus produtos para quem não pode ir até você. Além do que é postado na sua página, também é possível colocar itens a venda no Facebook Marketplace. Os grupos também são outra opção muito utilizada para o comércio na plataforma, onde você pode expor seus produtos para um público que normalmente não te acompanha. Campanhas patrocinadas também podem ser aliadas de peso nesse momento. Nesse post você encontra mais dicas incríveis de como vender com sucesso no Facebook. Tem dúvidas sobre o Facebook Marketplace? Clique aqui que a gente te ajuda! 

 

Mais do que nunca, utilize o Whatsapp!

O Whatsapp recentemente atingiu o número de dois bilhões de usuários no mundo e foi o aplicativo mais baixado em 2019. Tanto sucesso não é sem motivo. A ferramenta tornou-se uma poderosa aliada nas vendas e na produtividade de qualquer setor comercial, sendo uma das principais formas de contato entre empresa e cliente. Além da praticidade – só é necessário um smartphone com internet -, para o lojista pode ser especialmente interessante. Lá, é possível enviar mensagens e condições diferenciadas de compra. Recebeu uma peça a cara de uma cliente? Mande foto ou vídeo dizendo que lembrou dela! Assim, é possível nutrir seu público de informações relevantes em tempo real, mostrando peças, novidades e o movimento da loja. Mais do que simples mensagens, invista em mensagens de resultado. Aqui no blog já demos várias dicas para você ter um excelente resultado com a ferramente. Dá uma olhada aqui! 

 

Aprenda a fazer vendas remotas e preste assistência aos seus clientes

A atividade consiste em, basicamente, cumprir as atividades profissionais à distância. Assim como o home office, termo em inglês para determinar o “trabalho realizado em casa”, é possível ter produtividade mesmo longe do seu ambiente usual. Caso você ou seus funcionários estejam trabalhando em escala reduzida, ou o fluxo de clientes na loja tenha diminuído desde a pandemia do coronavírus, leve a montanha até Maomé! Em cidades do interior, é comum que lojistas enviem seus produtos em domicílio na condicional para determinados clientes. Assim, eles poderão experimentar com calma e decidir o que irão comprar.  Reforce os conteúdos nas redes sociais, envie mensagens, vá atrás dos seus clientes e mantenha contato sempre que possível – não espere ele ir à sua loja para efetuar uma venda. Defina uma estratégia e se faça presente na vida do seu público. É a maneira mais eficiente de encararmos esse momento de recessão com o menor impacto possível para os lojistas.